X

Últimas Notícias

A importância do PH da piscina

Desfrutar de uma boa piscina é algo extremamente agradável. Contudo, manter a água limpa e saudável já é uma tarefa um pouco mais ingrata, já que isso demanda uma série de cuidados. Nesse sentido, o controle do pH é um dos detalhes mais essenciais, pois seu equilíbrio evita uma série de problemas na água e também nas instalações da piscina.
Na realidade, embora pareça algo complicado de se entender, o pH nada mais é que a acidez de qualquer substância. De maneira objetiva, pode dizer que O pH (potencial hidrogeniônico) de uma piscina é a concentração de íons de hidrogênio presentes na água.

No entanto, como os valores referentes a esses íons são representados por números extremamente pequenos, a melhor alternativa é utilizar as quantidades indicativas do potencial hidrogeniônico, já que ele é representado por um número que varia entre 0 e 14, sendo que a neutralidade do pH é atingida quando ele está em 7. Já quando ele está abaixo disso, a água passa a ser considerada ácida, e quando está superior a 7, á água está básica (alcalina).

 

POR QUE MANTER O EQUILÍBRIO DO PH DA PISCINA É CRUCIAL?

Manter o pH neutro é fundamental, pois a acidez é determinante para a ocorrência ou não de problemas na água e também na piscina e em seus equipamentos. Embora existam alguns diferentes sanitizantes, o mais utilizado é o cloro, que para promover sua ação de maneira eficiente, deve ser usado em piscinas onde a água esteja levemente alcalina, com um pH variando entre 7,0 e 7,8.

Só acontece porque se o cloro for utilizado em uma água com pH neutro, os equipamentos da piscina ficarão mais suscetíveis à corrosão. Veja a seguir algumas das consequências da acidez ou da alcalinidade da água.
ÁCIDA (ABAIXO DE 7,0)

• Causa irritação nas mucosas e nos olhos.
• Inibe os efeitos do sanitizante aplicado.
• Gera maior corrosão, especialmente em metais.

 

ALCALINA (ACIMA DE 7,8)

• Gera turbidez.
• Danifica as tubulações.
• Causa irritação nos olhos e nas mucosas.
• Prejudica a ação do sanitizante.

 

COMO MEDIR E CORRIGIR O PH DA PISCINA?

A medição do pH pode ser feita através de kits de testes que são desenvolvidos para medirem tanto o pH como a alcalinidade e o cloro. O processo é simples e pode ser realizado de acordo com as instruções contidas nos kits.

Já a correção do pH, geralmente demanda a aplicação de alguma substância para que o nível ideal seja atingido. Veja quais produtos devem ser utilizados de acordo com o estado em que o pH se encontra.

 

ALTO

Quando o pH está elevado, é necessário usar substâncias que o façam sofrer uma diminuição. Entre os produtos mais indicados para está finalidade estão:

• Sulfato de alumínio
• Ácido muriático
• Bissulfato de sódio
BAIXO

Quando o pH está em um nível inferior ao que é indicado, alguns dos produtos que podem ser utilizados para que aconteça uma elevação do nível são:

• Bicarbonato de sódio
• Cloro líquido ou granulado
• Carbonato de sódio
Fique atento ao Ph da sua piscina e mantenha sua piscina limpa e saudável.
Conheça o OZÔNIO para piscina! Visite nosso site: www.q1a.com.br